news
LUCIA MENEZES
Conheça aqui "Lucinha", novo CD de LUCIA MENEZES ...

WAYNE STODDART
Inspirational Reggae Artist: WAYNE STODDART (Hot New Single!)Three Cs speaks to decisions and their consequences ...

ELLE B
Happy to announce that Elle B is now on xradiostage.com.Check out her fantastic songs!!! ...

REIGNDEAR
new single "Royalties" on xradiostage.com ! What a great song! ...

JOHN CAMPFIELD
check out his brand new 2 songs "givin me love" & "you're not the same" ...

FACEBOOK
xradiostage.com is now on facebook! ...

ELISETE
"YAM" Check out her brand new song! ...

YESHE
Yeshe just won # 1 @ 16th BILLBOARD World Song Contest in the "World" category..... ...

WILLIAM WHITE
A firm believer in the power of music is on xradiostage.com ...

PETER FINC
"check out this talented artist" album is available on itunes ...

ZONE
New album "Gimali" is now available on itunes ...

IRIDIUM PROJECT
"Great electronic/dance music from South Africa" ...

GENE KASIDIT
Electronic music from Thailand - Gene Kasidit left the band "Futon" and is going solo.... ...

REPPLICA
One of the best Brazilian rock bands is on xradiostage.com ...

NICOLE PATRICK
USA - Nashville's new star. - "What a beautiful voice"! ...

BLUE FREDRIK
The youngest xradiostage.com member on air! Check out this great Norweigan artist! ...

CHARLOTTE WILTSHIRE
"this is real soul music!"- xradiostage.com ...

LUAN PARLE
"Meteor best Irish female artist 2007" ...

ATHAS
1st Celtic Band on xradiostage.com ...

JAMES SPAULDING
"what a great Jazz artist!" - xradiostage.com ...


>> more news
login     
next member

guto c


Pop romântico com uma pitada de soul. Se for para definir um estilo, é a assim que Guto C define seu trabalho. O intérprete lança o primeiro CD solo, Infinito Paraíso, pela Zaid Records, com produção caprichada do maestro e arranjador Lincoln Olivetti. O repertório, formado por 10 canções, traz de volta ”Pensando Nela” e “Amor Informal”, de Don Betto, ”Primavera”, de Cassiano e S. Rochael e ”My Life”, de Michael Soullivan, além de composições inéditas de Antonio Bittencourt (”Querer” e “Baby”) e de Lincoln Olivetti (“Infinito Paraíso”). O trabalho de Guto C chega ao público com uma leitura moderna, sem a pretensão de inventar ou inovar, mas com a intenção de ocupar um vácuo deixado no mercado dentro do estilo pop romântico. “O mercado está carente de músicas sem os rótulos da moda”, argumenta o artista. Deliciosamente, ele desliza seu belo timbre em lindas melodias, amparado por arranjos sob medida para sua voz e seu estilo “black romântico”. Mesmo nas regravações, onde Lincoln Olivetti procurou manter algumas referências dos arranjos originais, percebe-se a colocação perfeita da interpretação de Guto dentro de cada obra como se uma nova música fosse. O roteiro é mesmo saboroso. Com um tempero de variados ritmos, recheados de influências modernas e arrojadas, o disco parece nos levar de volta a um passado próximo, embalado pela soul music romântica. Guto C e Lincoln Olivetti se conheceram por meio da amizade comum com o percussionista Ariovaldo Contesini, fundador do Azimuth, parceiro de Guto na Banda Fresta por quase dois anos, até o seu falecimento, em 1993. Guto se afastou, então, da música por nove anos, mas decidiu retomar a carreira e convidou Olivetti para produzir o trabalho, que o levaria de volta aos palcos. “O desenvolvimento do repertório e a produção do disco foi uma parceria nossa. Ele teve toda liberdade para criar os arranjos, mas tudo que sugeriu era a minha cara, um casamento perfeito, uma cumplicidade musical total”, comenta Guto, que completa: “O Lincoln me ensinou a apreciar a música, a ouvir música, a gostar do simples e do belo”. Natural de Jundiaí, São Paulo, Guto C cresceu ouvindo música popular no rádio, mas confessa que também adora ouvir jazz. Suas maiores referências musicais brasileiras são Tim Maia e Elis Regina, que ele considera intérpretes perfeitos. Iniciou sua carreira estudando canto com Nancy Miranda e com sua voz diferenciada, participou e ganhou festivais de músicas pelo interior de São Paulo. Sua trajetória é marcada pelo sucesso e reconhecimento do público, que o acompanha sempre nos shows que apresenta. Lincoln Olivetti ficou conhecido como o “feiticeiro dos estúdios” e “mago do Pop”. Além de compositor, foi produtor e arranjador de artistas como Roberto Carlos, Tim Maia, Rita Lee, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Jorge BemJor, Maria Betânia e outros. As canções Para dar uma pequena amostra do que vem pela frente, Guto C abre o disco com um arranjo moderno para “Pensando Nela”, de Don Betto e Reina. Numa viagem do Rio de Janeiro para São Paulo, ouviu a música no rádio do carro e não mais a tirou da cabeça. “Foi como uma velha paixão que volta com força”, conta. Era o sinal de que entraria no CD. Na seqüência, vem com muito balanço e alto astral a canção “Estou Livre” (Lincoln Olivetti, Robson Jorge e Tony Bizzarro), garimpada em uma coletânea dos anos 70 e 80, que a cantora Mara Nascimento lhe deu de presente. A inédita “Infinito Paraíso” (L. Olivetti) Guto C descobriu, quando Olivetti, lhe mostrou algumas músicas. Esta já era escolhida, desde então. O roteiro segue com a regravação de “Amor Informal” (Don Betto e Reina), cuja melodia é simplesmente bela, e com a também inédita “Querer” (Antônio Bittencourt). “Babilônia Rock”, composição de muitos parceiros (Cláudia Olivetti, L. Olivetti, Guto graça Mello, Naila graça Mello, Robson Jorge e Pierri Onassis), foi trilha do filme Rio Babilônia, de Neville de Almeida, gravada por Olivetti e regravada por Fernanda Abreu. “Sempre tive essa música na cabeça”, comenta Guto, que a sugeriu ao produtor. Sugestão bem aceita. A canção “Baby” (Antônio Bittencourt e Vanderlei Guarino) nasceu em uma brincadeira de fazer música numa reunião de amigos e tornou-se uma bela canção, que o artista não quis deixar de fora do álbum. A próxima faixa, “Mariá” (L. Olivetti, R. Jorge e Ronaldo Barcelos).O artista toma para sua voz a inesquecível “Primavera (vai Chuva)” (Cassiano e Sílvio Rochael), sucesso conhecido na voz de Tim Maia. A faixa mantém a referência do grande intérprete, mas ganhou um arranjo mais dançante, uma nova vertente. Fechando o repertório, a romântica “My Life” (Michael Sullivan e Richard Lee Mark) vem com arranjo mais black music, dando o recado de Guto C com fidelidade à proposta de fazer um disco onde a música é pop, é romântica e o tempero é o soul. Contatos:0xx11 3379 1988 / 8426 3117. Guto.c@uol.com.br

Get the Flash Player to see this player.

 
official website
 
country:
Brazil
 
genre:
Soul
 
 
send link to my friends
 

larry migliore    marcio hallack    dj i rock jesus    once again    juan carrera    giantpain    strange space    lisa    silas giron    kalimba/makasu    back side 180    alfredo norese    gobi martin    bhora    john maurice restrepo    jimmy six    rap attack    carlo quintieri    lazo    irene zwahlen    eta carinae    bogs brae    tubb sound    brian boy    ezra    nação suburbana    r-mione    suburban menace    rick sparfven project    james carrington    geraldo junior    nopal burton    negras musas    camiranga    lobster    mike and the ravens    ana cascardo    braxton hix    moonless moth    elisete    silent script    la severa matacera    ruben urbalejo    the bowmans    zsolnai    adolar marin    scicoustic    extragosamba    blues on the rocks    poetic reasoning    serge frasunkiewicz / sb-3    taïs reganelli    roberto daglio    hey jodie    livasto    jayh    kingston 11 productions    zeka lopez    cosmotone    luigi ruberti project    periafricania    dragonette    lungelo    related    demo delgado    zé de saia    abel de jesus    dieela    crossroads bluesrock    ian hall    dystera official    mc4+    atsushi    danny & the hep cats    luiz bertoni    sus4    screaming doc hansen    dedé costa    phil king    brecik.    kim mclean    anna neale    cutaways    michael sean harris    oxygen    humberto barros    unowhoiam?!    samba sene and diwan    rundfunk    robert nix    adriano pancaldi    bedrock bluesband    Ôxe    iyexa    formwandler    zé güela    dan wallace    james spaulding    zone
© all rights reserved. ,